if(typeof fb_pixel_option != 'undefined' && fb_pixel_option == 'default') { }

de-olho-v3-1

 

 
 
 
                                                               

SOBRE O COVID-19

 

O Coronavírus (COVID-19) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. Seu novo agente foi descoberto no dia 31/12/2019 após casos registrados na China.

A doença não é novidade; este vírus foi isolado pela primeira vez em 1937, sofrendo mutações ao longo dos anos. Em 1965, no entanto, o vírus foi descrito com o nome “coronavírus”, por seu formato semelhante ao de uma coroa.

Desde sua primeira aparição, as pessoas mais propensas a infecção são crianças pequenas e idosos. Seus sintomas são parecidos com o de um resfriado: febre, tosse e dificuldade para respirar.

A disseminação do agente é dada por gotículas respiratórias, ou seja, de pessoa para pessoa, por meio do contato físico ou de fluidos (saliva, espirros, tosse, catarro, toques na pele, contato com objetos ou superfícies contaminadas).

Mesmo que sua transmissão seja menos intensa que o vírus da gripe, o coronavírus é mais letal e silencioso: é possível estar contaminado mesmo sem o aparecimento de sinais e sintomas.

Fonte: Ministério da Saúde

COMO SE PREVENIR

 
 

Lavar as mãos

Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos

 

Evite tocar o rosto

Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas

 

Evite contato

Evitar contato próximo com pessoas doentes ou contaminadas

 
 

Fique em casa

Ficar em casa quando estiver doente ou aparentando sintomas

 

Use máscara

Nunca saia sem máscara de proteção e lave-a sempre que puder

 

Limpe objetos

Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência

 

CONTINUE PRATICANDO ESPORTES

DE FORMA SAUDÁVEL 

 

Por conta da disseminação do coronavírus, a prática esportiva de muitas pessoas pode sofrer interferências.

Mesmo assim, exercícios físicos são importantes para manter sua imunidade preparada e não deixar uma possível

contaminação se agravar. Se você não quer ficar parado durante esse período delicado, é importante se atentar a algumas informações.

 

TREINE
EM CASA

Para não correr riscos, fazer atividades físicas dentro de casa é a solução mais recomendada, mas use (e higienize!) seus próprios equipamentos e hidrate-se o máximo possível.

NÃO EXAGERE

Quando seu exercício é prolongado (durando mais de uma hora, por exemplo) ou não há descanso suficiente entre um treino e outro, seu sistema imune pode sofrer quedas.

 

ESTEJA SAUDÁVEL

Respeite o período de descanso entre os treinos, hidrate-se bem e mantenha uma alimentação saudável rica em verduras, legumes, frutas, carnes e ovos.

CUIDE-SE

Lembre-se: ao sentir qualquer sintoma de gripe, falta de ar ou indisposição em geral, não pratique esportes - nem ao ar livre, nem em casa. Corpos infectados precisam de repouso!